Consultores
Somos das mais antigas e experientes empresas de Contabilidade, Consultoria e Auditoria em Angola.
Audiconta, audiconta, angola, consultores, contabilistas, contabilidade, auditoria, leis, legislação, impostos, tax, auditores, auditoria, ordem dos contabilista, peritos, contabilistas associados, diario, diário, república, republica, Angola, Luanda, dinheiro, negócios, investimento, privado, investimento público, clientes referência, planeamento, planeamento fiscal, fomento, empresarial, empresas, empresários, consultoria, recursos humanos, força de trabalho, AGT, administração geral tributária, gestão, negociação, estudos de mercado, mercado angolano, banca, viabilidade, projectos de viabilidade económica, reestruturação de empresas, assessoria fiscal, assessoria financeira, peritagem, peritagem económica, economia, avaliação patrimonial, reavaliação, processamento de salários
15607
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-15607,bridge-core-2.0.5,ajax_fade,page_not_loaded,,no_animation_on_touch,side_area_uncovered_from_content,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-19.2.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive
 
Serviços

Consultores

Planeamento Fiscal

O planeamento fiscal (legitimo) consiste numa técnica de redução da carga fiscal pela qual o sujeito passivo renúncia a um certo comportamento por este estar ligado a uma obrigação tributária ou escolhe, entre as várias soluções que lhe são proporcionadas pelo ordenamento jurídico, aquela que, por acção intencional ou omissão do legislador fiscal, está acompanhada de menos encargos fiscais. O planeamento fiscal ilegítimo consiste em qualquer comportamento de redução indevida, por contrariar princípios ou regras do ordenamento jurídico-tributário, das ordenações fiscais de um determinado sujeito passivo.”

in “Os limites do Planeamento Fiscal”, Prof. Saldanha Sanches

A Audiconta possui no seu quadro de pessoal, técnicos especializados no planeamento fiscal. Consulte-nos para mais informações.

Investimento privado e fomento ao empresariado

A legislação, aprovada em Abril de 2011, regulamenta o investimento privado em Angola, com particular destaque para o investimento externo. Abrange todos os sectores da actividade económica sem prejuízo do investimento privado nas actividades de exploração petrolífera, diamantífera, das instituições financeiras e de outros sectores que a lei determine, serem estabelecidos em diplomas específicos.

Consulte-nos hoje mesmo para ficar a saber tudo o que necessita para garantir o sucesso do seu investimento em Angola.

Consultoria informática

A Audiconta possui um departamento especializado em  consultoria de tecnologias e sistemas de informação.

Porque queremos contribuir para a segurança e rentabilidade dos nossos clientes, fazemos o nosso trabalho em função do seu negócio, desenvolvendo, desde a conceção até ao suporte, soluções globais de TI.

    • Avaliamos os seus objectivos;
    • Analisamos as suas necessidades;
    • Identificamos e implementamos a melhor solução.

Consultoria de recursos humanos e força de trabalho

Assessoramos os nossos clientes na identificação, escolha e desenvolvimento de talentos para o alcance do sucesso dos seus resultados, atendendo-os com qualidade, assim como, contribuindo para o fortalecimento de suas posições competitivas. Executamos um conjunto de procedimentos que visam atrair candidatos potencialmente qualificados no mercado de trabalho (recrutamento), além da aplicação de uma sequência de técnicas de classificação com o objetivo de conhecer e avaliar os candidatos para a seleção dos que apresentam as melhores condições para o exercício de um determinado cargo na empresa. Entre as nossas especialidades estão:

  • Identificar o que a organização precisa em termos de recursos humanos;
  • Recrutamento e seleção de administrativos e operacionais;
  • Recrutamento e seleção de mão de obra para promoções e eventos;

Consultoria de gestão

Muitas empresas fracassam no seu trajeto por exclusiva falta de conhecimentos e práticas adequadas de gestão empresarial. Mesmo que se tenha o conhecimento, muitas vezes não se consegue implementar as melhorias, porque têm a dificuldade de estabelecer a melhor maneira do como o fazer na prática. A dificuldade da gestão empresarial torna-se ainda mais grave quando observamos os aspetos de gestão financeira. Ela envolve conceitos, é racional e exata. Sem esses conhecimentos, dirigir uma empresa é uma missão cheia de “acidentes de percurso”.

Num cenário de grande competitividade, a consultoria empresarial torna-se a solução de curto prazo e de melhor custo-benefício. Toda a experiência e o conhecimento do consultor é aplicado na empresa, em dose concentrada, de forma objetiva, eficaz e na medida certa.

A consultoria em gestão empresarial, através de um diagnóstico financeiro e da avaliação dos processos operacionais e de gestão, permite identificar os pontos críticos e indica as ações de melhorias necessárias, com consequências diretas nos resultados financeiros, qualquer que seja o porte e o ramo de atuação da empresa.

Negociação empresarial

A intermediação de negócios visa buscar a aproximação das partes interessadas, bem como também proceder uma análise do contexto como um todo, envolvendo avaliação de possíveis vantagens, dos eventuais riscos que podem ser assumidos pelo comprador e das oportunidades que os novos negócios podem oferecer.

Os nossos técnicos possuem todos os recursos e qualificações para atingirem as mais vantajosas condições em todas as negociações empresariais, nas quais representamos os nossos clientes.

Estudos de mercado

Executamos estudos qualitativos, aprofundados, que proporcionam um amplo e dinâmico conhecimento dos consumidores e das tendências de mercado. Os Estudos de Mercado por nós realizados são rigorosos, com metodologias testadas à escala global e com comparabilidade internacional. Através dos Estudos de mercado, poderá

  • Determinar alterações de comportamento dos seus potenciais clientes;
  • Testar a opinião pública e conhecimento acerca de determinados assuntos, marcas ou empresas;
  • Medir e controlar informação sobre determinados assuntos específicos ao longo do tempo;
  • Medir a reputação empresarial e efectuar o seu controlo de risco;
  • Planear e formular estratégias de controlo de crises.

Realizando estudos de opinião junto dos consumidores locais, garante a mais rápida e fiável amostra dos principais indicadores sociais e do clima económico em variadas regiões do Globo e nas principais associações de países.

Projetos de viabilidade económica

Os estudos de viabilidade económica e financeira têm por objetivo ajudar o empresário a avaliar o plano de investimento a ser realizado, demonstrando a viabilidade ou inviabilidade do projeto.

Trata-se da análise económica de um empreendimento novo ou em vias de crescimento, ou ainda para estudar tecnicamente uma eventual venda, incorporação ou fusão. Prepara um lado que demonstra tecnicamente:

  • Perspetivas e potencialidades;
  • Indicação de aspetos positivos e negativos
  • Aferição e análise do histórico, da carteira comercial e programação, do contencioso jurídico em curso e suas implicações, da contabilidade (ordenamento e confiabilidade), da capacidade produtiva, das margens e custos, do património, dos planos e fluxos de caixa;
  • Relação contendo a totalidade dos débitos com fornecedores, entre vencidos e vincendos com bancos, factoring ou outros;
  • Questões relacionadas com recursos humanos, societárias, tributárias e outras;
  • Valor da marca;
  • Valor da empresa.

Montagem, estruturação e reestruturação de empresas

A estruturação e reestruturação corporativa é o design da organização, concebida através de relações contratuais.

  • Criar acordos entre os investidores através de contratos de investimento e acionistas. Estes contratos preveem as regras sobre as questões de propriedade da empresa em questão.
  • De acordo com o estatuto, uma vez elaborado e aprovado, se estabelece o porquê e como tratar de situações específicas relacionadas ao negócio. Investidores, bem como os executivos que comandam a empresa, têm que cumprir essas regras.
  • Os contratos de trabalho estabelecem os deveres, as responsabilidades e privilégios dos funcionários que representam o quotidiano da empresa.

Acreditamos firmemente que investidores, empresas e seus funcionários devem lidar com esses contratos com extremo cuidado e detalhe, pois estes estabelecem relações de longo prazo que envolvem tempo e capital.

A falta de elaboração dessas regras no papel podem causar muitas dores de cabeça para os acionistas, pois a ausência dessas regras quase sempre surge quando um problema vem à tona ou em situação onde a outra parte envolvida se recusa a mudar sua posição.

Nós ajudamos os investidores, diretores e gerentes seniores a estabelecer estruturas adequadas de governança corporativa, permitindo o sucesso da empresa. Estas estruturas são cuidadosamente projetadas, para que os investidores e gestores possam ter certeza que incorporaram governança apropriada e possam se concentrar em questões mais importantes.